Políticas educacionais no estado do Rio de Janeiro: provocações sobre democracia e gestão da escola pública

 
Seminário Anísio Teixeira apresenta
 
“Políticas educacionais no estado do Rio de Janeiro: provocações sobre democracia e gestão da escola pública”
 
Convidados:
Marcela Castro (UFRJ)
Pablo Santos (UFF)
Evelin Souza (UFRJ)
Janaina Goulart (UFRJ)
Cleber Ribeiro (UFRJ)
Alba Baensi (UFF)
Diones Motta
Eduardo Neto (UFRJ)
 
Mediação: Daniela Patti (UFRJ) e Mariane Koslinski (UFRJ)
 
20/05/2021, às 18h
 
Live no YouTube

Ciclo de conferências “Para uma crítica do presente”

Para uma Crítica do Presente: rumo a modos de vida outros

 

Convidamos a todas e a todos para participarem do nosso ciclo de conferências que tem como tema a crítica do presente e a sua relação com modos de vida outros.

 

Os encontros ocorrerão sempre nas segundas-feiras e nas quartas-feiras, às 14hrs do Brasil e às 19hrs da França, do dia 23 de junho ao dia 14 de julho. Todas as comunicações serão traduzidas conforme a necessidade, tanto do francês ao português quanto do português ao francês, possibilitando a troca de questões e o acompanhamento simultâneo do evento por parte do público nacional e internacional.

As conferências serão transmitidas ao vivo pelo canal do Youtube “Foucault e os modos de vida outros”.

 Confiram a PROGRAMAÇÃO:

 

Dia 23/06 Conferência de abertura com Cesar Candiotto (PUC/PR)

 

Dia 28/06 Conferências de Philippe Sabot (Université de Lille) & Cassiana Stephan (UFPR)

 

Dia 30/06 Conferências de Angela Fonseca (UFPR) & Daniel Galantin (PUC/PR) / Thiago Ribas (UFRJ)

 

Dia 05/07 Conferências de Marcelo Raffin (Universidad de Buenos Aires) & Diego Reis (UFPB)

 

Dia 07/07 Conferências de André Yazbek (UFF) & Olivia Tersigni (Scuola Normale Superiore di Pisa / Université Paris 10)

 

Dia 12/07 Conferências de Orazio Irrera (Université Paris 8) & Benedetta Piazzesi (Scuola Normale Superiore di Pisa / Université Paris 8)

 

Dia 14/07 Conferências de Agustín Colombo (Université catholique de Louvain) & Priscila Cupello (UFRJ)

 

O evento está cadastrado como ação de extensão da Faculdade de Educação da UFRJ e sua organização conta com a participação de professores e pesquisadores de diferentes universidades:

 

André Duarte (Universidade Federal do Paraná);

André Yazbek (Universidade Federal Fluminense);

Cassiana Stephan (Universidade federal do Paraná);

Daniel Galantin (Pontifícia Universidade Católica do Paraná);

Diego Reis (Universidade Federal da Paraíba);

Haroldo de Resende (Universidade Federal de Uberlândia);

Olívia Tersigni (Scuola Normale Superiore di Pisa / Université Paris 10);

Thiago Ribas (Universidade Federal do Rio de Janeiro)

Chamada de artigos para o dossiê “O antirracismo e a agenda político-acadêmica da universidade em debate”

Apresentação
 
A Assembleia Geral da ONU proclamou o período entre 2015 e 2024 como a Década Internacional de Afrodescendentes (Resolução 68/237) onde os Estados-membros, a sociedade civil e todos os outros atores relevantes tomem medidas eficazes para a implementação do programa de atividades antirracistas de “Reconhecimento”, “Justiça” e “Desenvolvimento”, por meio de medidas concretas e práticas, propondo e implementando políticas públicas em nível nacional e internacional, de quadros jurídicos, políticas e programas de combate ao racismo, discriminação racial, xenofobia e intolerância correlata enfrentados por afrodescendentes. No campo da educação, a referida resolução, tem um item específico “Educação sobre igualdade e conscientização” onde se objetiva “(c) Promover um maior conhecimento, reconhecimento e respeito pela cultura, história e patrimônio dos afrodescendentes, inclusive por meio pesquisa e educação, e promover a inclusão completa e precisa da história e contribuição dos afrodescendentes nos currículos educacionais” (ONU, United Nations A/RES/69/16, p. 6, tradução nossa).
 
Esse número temático tem por intenção promover um debate acerca dos rumos da discussão sobre o combate ao racismo no campo das políticas educacionais com especial ênfase nos currículos, na formação de professores, e nos materiais didáticos. Esperamos artigos que, a) problematizem e identifiquem os principais avanços e desafios no campo educacional do ensino superior de universidades latino-americanas e europeias, buscando refletir, dentre outros pontos, quais são as propostas políticas no campo curricular no que tange à Década Internacional, em especial nas licenciaturas; b) reflitam sobre os possíveis caminhos que possam indicar “mudanças de representação e de práticas”, problematizando os lugares de poder, a relação entre direitos e privilégios presentes em nossa cultura política e institucional; c) tratem as agendas antirracistas no sistema educacional em diversos contextos, fruto da luta dos movimentos sociais de diferentes populações racializadas, que apesar dos avanços no enfrentamento ao racismo e na luta por reconhecimento, também podem em nome da inclusão gerar aporias e limitações na luta antirracista. Neste sentido, interessa-nos refletir sobre como os processos de luta coletiva e de negociação de políticas públicas antirracistas no ensino superior têm sido implementados?
 
O número temático pretende visibilizar as conexões entre as experiências globais acerca do antirracismo e a agenda político-acadêmica nas universidades e as dinâmicas políticas educacionais que lançam desafios e possibilidades à luta antirracista, gostaríamos de convidar pesquisadores/as locais, regionais, nacionais e internacionais para apresentarem reflexões acerca do antirracismo no ensino superior desde uma perspectiva histórica, crítica e reparativa de educação antirracista.
 
Organizadoras/es
Danielle Pereira de Araújo – Centro de Estudos Sociais, Universidade de Coimbra
Marcos Antonio Batista da Silva – Centro de Estudos Sociais, Universidade de Coimbra
 
Dossiê elaborado no âmbito do projeto de investigação POLITICS – A política do (anti) racismo na Europa e na América Latina: produção de conhecimento, decisão política e lutas coletivas (Projeto 725402 – POLÍTICS – ERC -2016-COG), coordenado pela Dra. Silvia Rodríguez Maeso, sediado Centro de Estudos Sociais, Universidade de Coimbra. https://politics.ces.uc.pt/
 
RECEBIMENTO DE ARTIGOS ATÉ 15/07/21

Políticas educacionais no estado do Rio de Janeiro: provocações sobre democracia e gestão da escola pública

Seminário Anísio Teixeira apresenta

“Políticas educacionais no estado do Rio de Janeiro: provocações sobre democracia e gestão da escola pública

Convidados: Daniela Patti (UFRJ), Bethânia Bittencourt (UFRJ), Caroline Domingues (UFRJ), Débora Quirino (UFRJ) e Fátima Lima (PUC-RJ)

Mediação: Marcela Castro (UFRJ) e Mariane Koslinski (UFRJ)

13/05/2021, às 18h

Live no YouTube e no Facebook da FE/UFRJ

Podcast: Maternidade e universidade: arte, cultura e o brincar

 

Neste episódio, conversaremos a respeito de temas ligados à maternidade, educação e universidade, pensando em como a arte, a cultura e a brincadeira entram nesta relação. Para isso, contaremos com experiências e impressões de duas gerações de mães, tendo como convidadas Eleonora Gabriel – professor de dança da UFRJ e coordenadora da Companhia Folclórica da UFRJ – e Taís Lara – mestranda em educação no Programa de Pós-Graduação em Educação da FE/UFRJ.

Ouça o episódio no seu tocador de podcasts preferido ou aqui.