Ação do DCE para ajudar estudantes em dificuldade

Divulgando ação do DCE:

Muitos estudantes que dependem da venda de doces na faculdade e de bicos para garantir sua renda, nesse momento, estão desamparados e passando necessidades. Por isso, o DCE Mário Prata está organizando a ação solidária “Eles Pelo Lucro, Nós Pela Vida” para doar cestas básicas e alguns itens específicos, essenciais à vida, para esses estudantes.

QUER SABER COMO AJUDAR OU SER AJUDADO

Se cadastre em nosso formulário.  Através desse link você pode se cadastrar para ajudar ou para manifestar que precisa de ajuda. Você também poderá sinalizar de que maneira pode ajudar. Entraremos em contato!

Divulgue e compartilhe a campanha e o formulário!
O sucesso da campanha depende da participação de toda comunidade. Portanto, contamos com você! Cada pessoa pode nos ajudar a chegar a muito mais pessoas necessitadas e encontrar doadores, permitindo que possamos atender todos os estudantes e trabalhadores que se cadastrarem para receber as doações.

DOE!
As doações serão captadas principalmente por transferência bancária. Além disso, através do formulário de cadastro podemos combinar o recolhimento de doações de alimentos, itens de higiene, etc. As contas para depósito são as seguintes:

BANCO DO BRASIL
Ag 258-5/ CC31402-1
Juliana dos Santos Paiva (CPF: 161. 091.447-38) & Victor N. R. Davidovich (CPF: 147.010.637-03)

ITAÚ
Ag 8595/ Cc 34682-9
Victor N. R. Davidovich (CPF: 147.010.637-03)

Next-237 (Bradesco)
Ag 3750-8
Cc 109844-6
Camilla Vaccariello de Carvalho (CPF: 121.882.727-06)

Enquanto Bolsonaro tenta esconder os efeitos da pandemia para proteger os lucros grandes empresários, nós nos organizamos pelas nossas vidas!
ELES PELO LUCRO, NÓS PELA VIDA

 

Corpo e educação

Nesta época de pandemia e isolamento social, a Faculdade de Educação da UFRJ apresenta o espaço virtual #FEContraCOVID19, com o objetivo de compartilhar ideias, impressões, anseios e perspectivas com a comunidade em geral. E que tal começar com um olhar sobre o nosso corpo? A professora Silvia Soter nos convida a uma reflexão sobre um tema que nos é bastante imediato, aproveitando também para divulgar um link com aulas que podem ser bastante úteis neste período de isolamento.

“Como vai você, nesses tempos de recolhimento? Como anda o seu corpo? Tem percebido mudanças em você, nessas semanas?

Estamos atravessando um momento difícil e exigente. Interrompemos abruptamente nossas atividades externas, nos vimos obrigados a organizar novas rotinas e lançar mão de recursos que nem sempre nos parecem acessíveis. A atenção à nossa casa e aos nossos familiares nos impõe um outro ritmo para os dias. Como você tem se cuidado?

Em nossas aulas de linguagem corporal na educação, no Curso de Pedagogia, sempre conversamos sobre a importância de levar em conta a dimensão corporal nos processos educativos. Não apenas enfatizando a necessidade e os benefícios das atividades físicas e expressivas, mas sobretudo reforçando a atenção ao que percebemos de nós e dos outros, em nossas várias interações, em diferentes contextos.

Para escutar o outro é preciso aprender a se escutar. Para perceber o outro tenho, antes, que me perceber e melhor conhecer minhas possibilidades e limites. E como a consciência corporal se ensina e se aprende, partilho com vocês algumas experiências para esses dias. São pequenas aulas que você e os seus podem fazer em casa, para perceber o corpo e encontrar mais conforto e equilíbrio.

Fique em casa! Fique em casa e aproveite essa casa-corpo!”

Esta foi uma contribuição de Silvia Soter, doutora em Educação pela UFRJ e professora adjunta da Faculdade de Educação da UFRJ e do Programa de Pós-Graduação em Dança da mesma instituição. Se você gostou desta colaboração, aproveite para compartilhar o link da postagem entre seus contatos ou nas redes sociais, incluindo a hashtag #FEContraCOVID19. Até a próxima e fique bem.

Clique aqui para assistir.

Concurso Compartilhando Leituras

O Projeto de Extensão “Compartilhando Leituras”, da Decania do CFCH, divulga uma proposta diferente, pensada para nossa quarentena. Já que a pandemia do COVID-19 nos pegou de surpresa, adiando nossos planos e nos reconectando com o presente, temos uma ótima oportunidade para você partilhar suas reflexões em tempos de afastamento e incertezas.
Para aguçar a  imaginação, convidamos você para participar do concurso de escrita: “PRODUÇÕES EM TEMPO DE ISOLAMENTO”.
O texto pode ser escrito no gênero de sua preferência   (poesia, conto, relato, carta, etc.). A única regra é o limite de até 1000 palavras! Vamos lá! Escreva seus planos, metas e percurso pós quarentena, o que pode refletir ou ressignificar nesse tempo. Sejamos esperançosos!
As 5 melhores produções  serão publicados em nossas redes e no ebook do Projeto de Extensão “Compartilhando Leituras” que sairá esse ano. Além disso, os autores participarão de uma mesa redonda que acontecerá quando retornarmos às nossas atividades presenciais.
Se interessou? Nos envie sua produção até o dia 08 de Maio.

Bússola do ser brincante

A Bússola do ser brincante é um material construído por muitas mãos no sentido de estimular o brincar nos lares, organizado por Jonathan Aguiar (PPGE/UFFRJ) e Candida Mirian Vasconcelos dos Santos (UERJ). Precisamos neste momento garantir que educadores, responsáveis e aqueles que estão dentro de casa façam de sua rotina prazerosa, divertida para além de conteúdos a serem ensinados e aprendidos. O momento é de brincar!

Em parceria com a Brinquedoteca da HUPE (UERJ), Brinquedoteca da Faculdade CNEC (Ilha do Governador), Brinquedoteca BrincArte Estácio Nova Iguaçu e Wak Editora elaboramos esta bússola com a colaboração de professores, estudantes e pesquisadores da área da educação e saúde. Distribuição gratuita.

Para ter acesso a este material clique aqui.

PARA LER COM E PARA AS CRIANÇAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL

O Grupo de Estudos e Pesquisas em Infância, linguagem e Educação-GEPILE, que desenvolve suas atividades no Laboratório de Linguagem, Leitura, Escrita e Educação (Leduc-UFRJ), coordenado pela professora Patrícia Corsino, considerando que neste momento de quarentena frente ao COVID-19 é importante que as crianças pequenas possam diversificar suas atividades em casa, selecionou algumas produções de acesso gratuito pela internet. Confira aqui.