Nota de pesar

O Corpo Acadêmico da Faculdade de Educação – UFRJ se manifesta veementemente contra todas as formas de barbárie e se solidariza com familiares/as, amigos/as, companheiros/as de luta e os/as mais de 46 mil eleitores/as da vereadora e ativista Marielle Franco, assim como com familiares e amigos/as do motorista Anderson Pedro Gomes, que a acompanhava na noite de ontem, quando foram assassinados.

Nascida no Complexo da Maré, onde iniciou sua atuação em defesa dos direitos humanos, Marielle teve uma expressiva votação nas últimas eleições.  Assumiu, na condição de vereadora, a função de relatora da comissão do Conselho criado para fiscalizar as operações policiais após o início da intervenção militar no Rio de Janeiro.

Estamos de luto pela perda de uma mulher negra, feminista, que trabalhou incansavelmente por uma sociedade mais justa e menos desigual.

Marielle, presente!